Quando decidi encerrar poupança, fundos e previdência “privada” do Itaú, resolvi um problema e ganhei outro: em que corretora confiar para começar a investir meu dinheiro? Basicamente, eram essas as minhas ansiedades:

E se eu escolher uma corretora e ela falir? E se a gestora dos fundos oferecidos pela corretora falir? E se o banco parceiro deles falir? Eles podem sumir com todo o meu dinheiro de um dia para o outro? Se eu não gostar de uma corretora posso transferir meus investimentos para outra?

Depois de pesquisar bastante, conversar com amigos que já investiam, e abrir conta em várias corretoras (infelizmente, essa é a única forma de você enxergar a lista completa de ativos de cada uma), acabei casando com a Rico. Você não precisa, e não deve, escolher a mesma que eu, mas te dou o caminho das pedras para você encontrar a que tem mais a ver com o seu perfil de mulher rica.

Em busca da corretora

Depois de dar um pé na bunda do gerente do seu banco, esse é provavelmente o 2º passo mais importante da sua VIDA DE INVESTIDORA. Tenha em mente que escolher a corretora é uma decisão tão estratégica quanto escolher seus investimentos e não deve ser tomada entre um gole e outro de café. Tem que ser pensada de acordo com seus objetivos de vida, perfil investidor e, claro, com o valor que você tem para investir.

Para quem vai investir em Renda Fixa , algumas coisas você deve saber antes de começar essa emocionante jornada em busca da corretora que irá ganhar sua confiança, seu coração e seu dinheiro. Atenção: não considerei aqui as questões relacionadas à renda variável (ações, câmbio etc), pois você provavelmente não quer jogar seu dinheiro na roleta logo no primeiro mês de investimentos (eu fiz, me ferrei e não quero que aconteça o mesmo com você).

Taxa de Custódia: é a taxa mensal cobrada por algumas corretoras para armazenar os títulos ou ações de um determinado investidor. Nas corretoras mais populares esse valor fica em torno de R$ 10,00 ou é inexistente. Mesmo sendo pouco, melhor colocar esse custo na conta dos seus rendimentos.

Reflexão de investidora: Você toparia pagar uma taxa de custódia mais alta para estar na corretora que você considera mais confiável?  

Atendimento: tire uns minutos do seu dia para testar o atendimento ao cliente. Como boa amiga, estou te alertando: você vai precisar desse serviço! Seja para tirar dúvidas sobre taxas, para entender porque seu dinheiro sumiu da conta (alguns ativos demoram uns 3 dias para cair e até lá seu dinheiro fica meio no espaço), para pedir dicas de investimento ou para entender porque as vezes você compra uma ação e a corretora leva mais de 1h para processar a ordem (isso tudo aconteceu comigo e sempre consegui falar facilmente com o atendimento da Rico).

Assessoria financeira:  algumas corretoras, como a XP, oferecem assessoria gratuita de investimento aos clientes. Minha mãe usa, meu padrasto usa, minha irmã usa, meus amigos do fórum de investimento usam. Eu não.

Reflexão de investidora: Se a assessoria é gratuita, penso eu que o salário deles é incrementado à medida que ele te enche de sugestões de investimentos não tão bons. Aquela mesma história do gerente de banco…Eu fujo deles, mas você pode fazer a sua escolha.

Aplicativo Mobile: Quando você começa a investir, eventualmente, terá que fazer uma operação ou outra pelo celular para aproveitar uma oportunidade que surgiu naquele momento, e que provavelmente, sairá do ar em alguns minutos (os CDBs pré-fixados com taxas de juros bem acima da SELIC, por exemplo). Por isso, escolher uma corretora com um bom aplicativo deve ser um dos primeiros itens da sua lista de prioridades.

Corretoras amigas da investidora 

Existem outras várias no Brasil e coloquei aqui apenas as corretoras onde abri conta e que são mais amigas de quem está começando.

Rico
Taxa de custódia: R$ 12,5/mês
Taxa Tesouro Direto e Renda Fixa: zero

Por que a Rico? O aplicativo da Rico foi pensado para o investidor de primeira viagem (eu, você e a turma recém-saída da poupança. É delicioso de usar. Você abre e já dá de cara com um resumão lindo dos seus investimentos. Para quem investe na bolsa, o home broker é modulado, ou seja, você monta o seu como quiser. Ela foi comprada pela XP, o que dá uma certa segurança pra quem tem medo de começar investir em corretoras independentes.

Por que não a Rico? Algumas investidoras (não eu, explico mais adiante) poderão sentir falta um assessor de investimento para dar aqueeela ajuda na hora de optar por um fundo ou outro. Apesar de ter fundos de investimentos muito bons, a oferta ainda é limitada se comparada com outras corretoras.

Easyinvest
Taxa de custódia: não tem
Taxa Tesouro Direto e Renda Fixa: zero

Por que a Easyinvest? Não cobra custódia e isso já é um motivo bem maravilho pra você atracar seu barco aqui. Aliás, sejamos justos: A Easyinvest foi provavelmente a primeira corretora a zerar as taxas de Tesouro Direto e Renda Fixa. As outras copiaram.

Por que não a Easyinvest? Durante a busca pela corretoria perfeita, dei uma espiada em várias para ver que ativos ofereciam e achei que a rentabilidade dos títulos oferecidos pela Easyinvest era menor que as das outras. O CDB de um banco x na Rico, por exemplo, pagava melhor que na Easyinvest. Mas depois aprendi que isso varia diariamente, então, não tem como saber certinho se os ativos de lá sempre pagam menos.

XP Investimentos
Taxa de custódia: não tem
Taxa Tesouro Direto e Renda Fixa: zero

Por que a XP? Bom, a XP é a mãe das corretoras – tem a maior quantidade de grana sob custódia e clientes – então, você pode confiar seu dinheiro lá sem medo. É a preferida dos pais e tios mais velhos, aqueles que tem receio de sair colocando dinheiro em qualquer lugar. Esse ano começou uma campanha mais moderninha, com Murilo Benício, para atrair a juventude investidora.

Por que não a XP? Foi comprada pelo Itaú este ano e só Deus e os acionistas sabem o que vai acontecer com ela daqui a alguns anos. Mas não somos ingênuos de achar que não existe um risco da XP passar a ter taxas maiores, reduzir a oferta de fundos de gestoras independentes e incluir em seu portfólio aqueles fundos merda do Itaú. Só isso já dá um pânico crônico de deixar o dinheiro lá. Eu preferi não arriscar e, apesar de ainda manter uma conta na XP (por causa da excelente oferta de fundos), achei melhor tirar todo o meu suado dinheiro de lá. Afinal, queria entrar em corretoria justamente para fugir dos grandes bancos. O que, no fundo, não adiantou muito porque a XP comprou a Rico...

Ainda tem dúvidas?
O Primo Rico fez um guia beeeem completo de corretoras atualizado mensalmente desde 2016, analisando questões como segurança dos investimentos, confiabilidade da empresa e passo a passo para a criação de cadastros. Se você já está nesse ponto mais avançado da sua busca, recomendo que dê uma olhada lá.

Vida fora do banco. Escolha sua corretora e comece a investir

Anita Delmonte


Jornalista, produtora de conteúdo, marketeira e investidora sovina (por esforço próprio).


Post navigation


One thought on “Vida fora do banco. Escolha sua corretora e comece a investir

  1. São várias as opções de corretora. Eu, por exemplo, tenho conta na Guide Investimentos e no BTG Digital. A Guide é excelente para comprar Tesouro Direto, e o BTG bem forte na oferta de fundos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *