Sábado, 26 de maio. Não se falava de outra coisa a não ser da greve dos caminhoneiros. Deslocar-se pela maior cidade do país, não foi tarefa fácil. Mesmo assim, um grupo de mulheres acordou cedo e encontrou um jeito de chegar ao endereço da Rua Hungria, 1400.

Lá, na sede da Neon Pagamentos, aconteceu o primeiro encontro presencial do grupo Sovinas – Mulheres que Investem. Foi uma manhã inteira dedicada a falar de investimentos com elas. Não houve quem arredasse o pé. Olhares atentos, perguntas, anotações e um interesse genuíno por entender mais sobre esse universo ainda tão masculino.

Estavam ali mulheres inteligentes, capazes e generosas compartilhando conhecimento.

Luisa Pellegrino, da Neon Pagamentos, mostrou como uma fintech pode facilitar a vida financeira do consumidor. Taxas menores, aplicativos eficientes, foco na sua experiência do cliente. Sim, a Neon Pagamentos passou por uma situação delicada recentemente, mas a forma transparente e honesta como lidou coma situação fez com o cliente estivesse ao seu lado: “vocês estiveram comigo quando precisei, agora ficarei com vocês”, relata Luisa sobre um dos depoimentos que chegou até a instituição. Quantas empresas são capazes de despertar tamanha empatia?

Economizar é preciso. E nada melhor do que aprender com a profissional. Gabriela Forlin compartilhou toda sua experiência como Mão de Vaca Profissional. Nada de cortar o cafezinho ou contar moedinha, mas sim uma economia inteligente. A relação com o dinheiro não deve ser sofrida. O dinheiro está aí para proporcionar prazer, conforto, basta usá-lo de forma consciente e adotar alguns hábitos para fazê-lo render mais. Dicas que ela deu durante do evento: Primeira Mesa, aplicativos de cash back, Conta de Serviços Essenciais para quem usa pouco serviços bancários, além de estratégias para não pagar anuidade do cartão de crédito (essa exclusiva para quem esteve por lá).

Economizou? Agora é hora de fazer o dinheiro render. E tivemos uma verdadeira aula sobre fundos de investimento com a pessoa que sabe sobre o assunto no Brasil, Luciana Seabra. Didática, objetiva, Luciana mostrou seis passos para não cair na armadilha do fundo ruim e apresentou três alternativas de investimentos para diferentes objetivos financeiros.

Foi uma manhã super agradável, em um ambiente acolhedor para trocar ideias de investimentos com mulheres que gostam sim de cuidar do próprio dinheiro.

Uma pesquisa que realizei com quase 500 participantes, mostrou que 95% delas querem saber mais sobre o assunto e 75% gostariam que houvesse um ambiente dedicado para falar somente com elas sobre o assunto. É a isso que o Sovinas se propõe. E reunir tantas mulheres num sábado de manhã, em plena greve dos caminheiros, só mostra que estamos no caminho certo. Que venham os próximos.

bjo&invista

Nada é capaz de parar uma mulher determinada

Elaine Fantini


Jornalista por formação. Repórter não praticante. Amante da comunicação e do marketing digital. Investidora nas horas vagas.


Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *